INFORMAÇÃO COVID-19 Saber mais

A AUTONOMIA DO SEU VEÍCULO ELÉTRICO

/image/08/6/e208auto2.746086.jpg

A autonomia pode representar um impedimento à compra de um veículo elétrico. Os utilizadores desejam que os valores anunciados pelos construtores sejam o mais representativos possível da sua real utilização. Fatores que afetam a autonomia, carregamento, conselhos de condução, iremos fornecer-lhe todas as informações úteis e necessárias para lhe garantir uma experiência tranquila e agradável a bordo do seu veículo eletrificado Peugeot.

SIMULE A AUTONOMIA DO SEU VEÍCULO ELÉTRICO

OS FATORES QUE AFETAM A AUTONOMIA DO SEU VEÍCULO

Além da redução do nível de carga da bateria, existem diferentes fatores que têm influência na autonomia do seu veículo elétrico.

/image/08/4/peugeot-208-2019-386-fr.583830.17.746084.jpg

A velocidade

A 130km/h, a autonomia de um veículo 100% elétrico é dividida por 2 (passa a 50%), comparativamente à autonomia homologada WLTP. 

/image/08/5/chauffage208.746085.jpg

O aquecimento

O calor libertado pelo motor térmico é reutilizado para o aquecimento do habitáculo do veículo. Um motor elétrico aquece pouco, pelo que, o seu calor não é suficiente para aquecer o habitáculo do veículo. Desta forma, a bateria tem de alimentar um aquecedor elétrico, específico para o efeito.

/image/07/9/autonomieclimat.746079.png

As condições climatéricas

As temperaturas exteriores, independentemente da utilização do aquecimento ou climatização, afetam diretamente a autonomia do seu veículo. A 0° C, a autonomia é reduzida em 10%. 

/image/08/0/autonomieparcours.746080.png

A topografia do terreno

Em subida, o seu consumo aumenta e afeta a sua autonomia. Mas, em decida, através da travagem regenerativa, recupera energia.

A velocidade
O aquecimento
As condições climatéricas
A topografia do terreno

Outros fatores que podem influenciar a autonomia

/image/08/9/picto-essai-dark.642625.746089.png
O estilo de condução

Uma condução suave e ecologicamente responsável, permite-lhe otimizar a sua autonomia.

/image/08/7/picto-pneumatiques.420714.746087.png
Pressão dos Pneus

É importante verificar a pressão dos pneus pelo menos uma vez por mês. Verifique a pressão indicada pelo construtor na etiqueta junto à porta do condutor (pilar A ou B), caso os pneus tenham uma pressão inferior, implica maior resistência ao rolamento e, consequentemente, aumento significativo do consumo de energia.

/image/09/0/picto-time-dark.642624.746090.png
A utilização de consumidores auxiliares

Aquecimento (“Chauffage”) e climatização podem ser responsáveis por 10 a 30% do consumo da sua bateria. Pelo contrário, elementos de conforto (rádio, luzes, limpa vidros,…) têm muito pouco impacto. 

/image/08/8/picto-vehicules-berline-dark.420336.746088.png
A carga transportada

Circular com carga no tejadilho ou de janelas abertas, aumenta a resistência ao vento e, consequentemente, o consumo. Quanto maior o peso da carga transportada, maior será a influência sobre a autonimia da bateria.

/image/08/9/picto-essai-dark.642625.746089.png
O estilo de condução

Uma condução suave e ecologicamente responsável, permite-lhe otimizar a sua autonomia.

/image/08/7/picto-pneumatiques.420714.746087.png
Pressão dos Pneus

É importante verificar a pressão dos pneus pelo menos uma vez por mês. Verifique a pressão indicada pelo construtor na etiqueta junto à porta do condutor (pilar A ou B), caso os pneus tenham uma pressão inferior, implica maior resistência ao rolamento e, consequentemente, aumento significativo do consumo de energia.

/image/09/0/picto-time-dark.642624.746090.png
A utilização de consumidores auxiliares

Aquecimento (“Chauffage”) e climatização podem ser responsáveis por 10 a 30% do consumo da sua bateria. Pelo contrário, elementos de conforto (rádio, luzes, limpa vidros,…) têm muito pouco impacto. 

/image/08/8/picto-vehicules-berline-dark.420336.746088.png
A carga transportada

Circular com carga no tejadilho ou de janelas abertas, aumenta a resistência ao vento e, consequentemente, o consumo. Quanto maior o peso da carga transportada, maior será a influência sobre a autonimia da bateria.

CONSELHOS DE OTIMIZAÇÃO DE AUTONOMIA

Indicador de potência

/image/08/1/peugeot-208-3d.746081.jpg

O seu consumo de energia encontra-se indicado em tempo real no seu painel de bordo, por forma a poder gerir melhor a autonomia do seu veículo.

O modo “Eco-drive”

/image/08/2/modeecodrive.746082.jpg

O modo de condução “Eco”, permite-lhe maximizar a autonomia do seu veículo. Economize energia, reduzindo a potência do motor e o conforto térmico. 





SAIBA MAIS SOBRE O MODO DE CONDUÇÃO "ECO"

A travagem regenerativa

/image/07/8/peugeot-208-2019-193-fr.746078.jpg

Quando está a conduzir e deixa de acelerar (tira o pé do acelerador), o motor elétrico comporta-se como um gerador, reduzindo a velocidade do veículo (travão de motor) e recuperando energia que transmite à bateria. O modo “Brake” ativa-se através de um impulso para trás no seletor da caixa de velocidades. 

SAIBA MAIS SOBRE A TRAVAGEM REGENERATIVA

E-comandos à distância

/image/07/7/image1.746077.jpg

Através do smartphone, pode parametrizar o pré condicionamento térmico do habitáculo para obter um melhor conforto. Esta função também permite preservar a autonomia da sua bateria, caso o seu veículo se encontre a carregar. Também pode consultar a autonomia do seu veículo, iniciar um carregamento à distância quando desejar e monitorizar a sua evolução. 

O CARREGAMENTO

/image/08/3/ap-2008-2020-acc-majeur-electrique-2.746083.jpg

Através da inúmeras soluções de carregamento que tem à sua disposição, desfrute plenamente da autonomia do seu veículo elétrico (340km WLTP para o novo Peugeot e-208 e até 59 km WLTP para  o SUV 3008 HYBRID4 em modo de condução 100% elétrico).

TEM OUTRAS QUESTÕES/DÚVIDAS SOBRE VEÍCULOS ELÉTRICOS?