NOVOS MOTORES PEUGEOT PLUG-IN HYBRID

PLUG-IN

A PEUGEOT apresenta as suas novas motorizações Plug-in Hybrid a gasolina.

Esta nova oferta vem completar as motorizações existentes no PEUGEOT 3008 e nos novos PEUGEOT 508 e 508 SW. A motorização HYBRID e a motorização HYBRID4 (4 rodas motrizes) estarão disponíveis, respetivamente, nos novos PEUGEOT 508 e no PEUGEOT 3008 no outono de 2019.

A experiência de condução PEUGEOT é enriquecida com novos modos de condução que conferem novos prazeres e sensações, graças ao efeito mágico do modo ZEV 100% elétrico, à eficácia do modo 4 rodas motrizes (HYBRID4), à potência do modo Sport e à polivalência do modo Hybrid.

A tecnologia é simples e intuitiva, ao serviço de uma liberdade absoluta: liberdade de utilização, com veículos adaptados aos percursos de estrada, urbanos e ar livre (outdoor). Liberdade de escolha, com 2 ou 4 rodas motrizes, 225 cv ou 300 cv, berlina, SW ou SUV. Liberdade de utilização com 4 modos de condução.

Estas duas novas motorizações são a prova concreta da visão da PEUGEOT de uma mobilidade sem restrições, excitante e sempre mais eficiente. #UnboringTheFuture.

PLUG-IN

Tecnologia PLUG-IN HYBRID

Primeira prova concreta, para os nossos clientes, no que respeita a um futuro sereno e ainda mais agradável, a PEUGEOT apresenta a sua gama PLUG-IN HYBRID. Uma oferta recarregável HYBRID e HYBRID4 associada a uma motorização a gasolina.

Estamos perante o lançamento de um conjunto de tecnologias de ponta, que se combinam facilmente e de forma totalmente transparente para o utilizador.

 

Motor térmico a gasolina

O motor adotado foi o 1.6 PureTech, que recebeu, para o efeito, um sistema combinado alternador/motor de arranque, bem como uma estrutura de refrigeração específica. A sua potência máxima é de 180 cv na versão HYBRID e de 200 cv na versão HYBRID4.

Nova caixa de velocidades automática eletrificada

O motor PureTech está associado a uma caixa automática de 8 velocidades e-EAT8 (Electric Efficient Automatic Transmission - 8 speeds), especifica das motorizações PEUGEOT PLUG-IN HYBRID.

O trem dianteiro alberga também um motor elétrico de 110 cv/80 kW associado à caixa.

Para assegurar transições otimizadas e impercetíveis entre funcionamento elétrico e térmico, o conversor de binário das versões térmicas cede o seu lugar a uma embraiagem multidiscos em banho de óleo. Todas estas modificações possibilitam mais 60 Nm de binário nos regimes elevados, para maior reatividade.

Trem traseiro eletrificado

Nas versões HYBRID4, o trem traseiro de braços múltiplos está equipado com um inversor, um motor elétrico de 110 cv/80 kW e um redutor para ativar as 4 rodas motrizes. A sua integração não teve qualquer impacto na habitabilidade.

Bateria de iões de Lítio

A bateria de alta tensão é do tipo iões de Lítio (300V), e está alojado sob os assentos da segunda fila de bancos, tanto nas versões HYBRID como nas versões HYBRID4.

A bateria tem uma capacidade compreendida entre os 11,8kWh (HYBRID) e os 13,2 kWh (HYBRID4), ao melhor nível do mercado. Em modo 100% elétrico, esta capacidade garante uma autonomia até 50 quilómetros WLTP(2) (60 quilómetros NEDC(1)).

Para beneficiar ao máximo do andamento totalmente elétrico, o modo pré-definido será o modo Zero Emission, sempre que o estado de carga da bateria o permita. As deslocações em modo 100% elétrico são possíveis até aos 135km/h, antes de o motor térmico assumir o comando.

PLUG-IN

Funções eficazes para um prazer renovado

Nova função Brake

O condutor pode optar pela ativação da inédita função Brake que permite uma desaceleração do veículo sem recurso ao pedal do travão. Funcionando como um travão-motor, esta função permite, além disso, recarregar a bateria em situações de descida, por exemplo. No modo Drive, um simples toque para trás no comando da caixa de velocidades automática Shift and Park by wire, é suficiente para engrenar o modo Brake. Um segundo toque desativa a função.

Nova travagem pilotada

A fim de aumentar a autonomia em andamento 100% elétrico, a travagem de alta eficácia energética i-Booster recupera instantaneamente a energia durante as travagens ou desacelerações (energia que se vê, normalmente, dissipada nas versões térmicas). O i-booster integra uma bomba elétrica em vez da bomba de vácuo das versões térmicas.

Nova função e-SAVE 

O prazer de conduzir em modo elétrico é possível com a função e-SAVE, sempre que assim o desejamos. Esta permite ao condutor antecipar a sua deslocação com a possibilidade de reservar uma autonomia elétrica (10 km, 20km ou a carga total da bateria). Esta função é de fácil acesso a partir do menu e-SAVE dedicado, no ecrã tátil. Uma vez programada, a função é apresentada no painel de instrumentos com a autonomia reservada em quilómetros. Para ativar o andamento 100% elétrico, basta selecionar o modo Zero Emission no seletor de modos de condução, em qualquer momento da condução.

Recarregar a bateria de forma fácil e rápida

A recarga total pode ser feita das seguintes formas:

  • em 8 horas numa tomada standard (carregador de 3,3 kW, 8A)
  • em 4 horas com uma tomada reforçada do tipo Green’up® (carregador de 3,3 kW, 14A)
  • e mesmo em menos de 2 horas em caso de utilização de uma Wallbox (carregador de 6,6 kW em opção, 32A.

Para uma leitura simples e rápida do estado da carga, existem guias luminosas em torno da tomada de carga. Uma vez ligada a tomada, um jogo de cores indicará o progresso da recarga. 

Discretamente implantada, a portinhola de acesso à ficha de recarga situa-se no guarda-lamas traseiro esquerdo do veículo (em posição simétrica à portinhola do bocal de abastecimento de combustível). O cabo de recarga arruma-se facilmente num espaço específico existente sob o piso da bagageira.

 

Experiência de condução enriquecida com sensações renovadas

Fruto da sua forte herança tecnológica, a PEUGEOT oferece aos seus clientes a mesma experiência de condução intensa e instintiva qualquer que seja a motorização.

As novas motorizações PEUGEOT PLUG-IN HYBRID proporcionam uma experiência de condução renovada. Uma experiência que proporciona um vasto conjunto de novas sensações de qualidade inigualável, principalmente graças aos novos modos de condução.

Cada modo de condução é exclusivo e abre caminho a experiências diferentes:

  • Silêncio de funcionamento no modo ZERO EMISSION, 100% elétrico,
  • Performances sublimes no modo SPORT que mobiliza todas as fontes de energia,
  • Polivalência no modo HYBRID,
  • Motricidade aumentada no modo 4WD (PEUGEOT 3008 HYBRID4)
  • Modo CONFORT, que associa o modo HYBRID e o conforto da suspensão pilotada (novo PEUGEOT 508 HYBRID).

Todos estes modos proporcionam um andamento 100% elétrico, em função do estado da carga da bateria.

Se o conteúdo tecnológico das motorizações HYBRID e HYBRID4 é forte, a experiência de condução associada é igualmente promissora. A ergonomia e a condução são fáceis e intuitivas.

PLUG-IN

Condução eletrizante com o PEUGEOT i-Cockpit®

Elemento indissociável dos mais recentes produtos da marca do Leão, o PEUGEOT i-Cockpit® permite uma experiência de condução estimulante e intuitiva no quotidiano. Para um melhor aproveitamento e facilidade de utilização, o ecrã touchscreen, bem como o cluster digital foram atualizados.

Instrumentação digital

O PEUGEOT i-Cockpit® específico das versões híbridas congrega as informações de condução disponíveis diretamente no campo de visão do condutor (modo de condução, nível de carga da bateria, autonomia elétrica disponível em km, etc). É totalmente parametrizável e personalizável.

Um indicador de potência situado na parte superior direita do painel de instrumentos digital substitui o conta-rotações. É composto de 3 zonas facilmente identificáveis:

  • A zona ECO corresponde a uma condução otimizada em função da energia,
  • A zona POWER corresponde a uma condução mais dinâmica, proporcionando performances dinâmicas,
  • A zona CHARGE indica ao condutor as fases de recuperação de energia que possibilitam a recarga da bateria, principalmente quando o condutor desacelera.

Dois indicadores posicionados de ambos os lados do painel de instrumentos: um indica o nível de combustível e o outro o nível elétrico. A autonomia disponível, expressa em km, é igualmente indicada na zona inferior de cada um dos indicadores.

O modo de condução ativado é apresentado em permanência, a fim de o poder adaptar, se necessário, rapidamente e sem hesitação.

Em qualquer momento no decurso da fase de recarga, o painel de instrumentos permite saber a autonomia elétrica recuperada (em quilómetros), a taxa de carga da bateria recuperada (em percentagem), a velocidade de recarga da bateria (em quilómetros ‘elétricos’), bem como o tempo de carga restante para obter uma recarga completa (em horas e/ou minutos).


Touchscreen

O touchscreen integrado permite também um menu híbrido específico. Um botão de acesso direto alojado nas ‘teclas de piano’ (toggle switches), dá acesso a um novo conjunto de informações:

  • página dos fluxos de energia, que mostra o estado de funcionamento do sistema híbrido,
  • página de estatísticas de consumo, que diferencia o consumo elétrico do consumo de combustível,
  • página navegação enriquecida com informações específicas:
  • apresentação dos pontos de recarga e dos postos de combustível nos POI,
  • o raio de ação do modo 100% elétrico,
  • o raio de ação total elétrico + térmico.

Por fim, a página climatização apresenta a função pré-climatização elétrica (pré-condicionamento elétrico) do habitáculo, que permite arrefecer ou aquecer o habitáculo em função da temperatura exterior.

Conetividade My Peugeot

Para garantir a máxima agilidade, os conteúdos da aplicação (app) móvel MyPeugeot sofreu evoluções. Permite agora ativar à distância um processo de recarga, saber o progresso do estado da carga do veículo, ativar em antecipação um pré-condicionamento térmico ou, ainda, avaliar os seus dados de consumo de combustível ou de eletricidade, a qualquer momento em qualquer lugar.

As motorizações HYBRID4 e HYBRID estarão disponíveis no PEUGEOT 3008 e nos novos PEUGEOT 508 e 508 SW no outono de 2019.

PLUG-IN

PEUGEOT 3008 GT HYBRID4: Em qualquer lugar, a qualquer momento

Com um nível de potência nunca antes obtido num PEUGEOT de série, o caráter do SUV PEUGEOT 3008 toma uma nova dimensão com a versão HYBRID4 de alta performance. Esta versão topo de gama oferece 4 rodas motrizes e desenvolve o equivalente a 300 cv/220 kW.

É o que resulta da combinação entre uma motorização PureTech de 200 cv/147 kW e dois motores elétricos (um à frente e outro no eixo traseiro), cada um com 110 cv/80 kW de potência.

A aceleração 0 a 100km/h é cumprida em 6,5 segundos. A capacidade da bateria é de 13,2 kWh para uma autonomia 100% elétrica de 50 km WLTP(2) (60 km NEDC(1)).

O modo 4WD permite uma motricidade melhorada em estrada ou em terrenos difíceis. Permite uma aderência constante e sem falhas; seja numa estrada molhada, enlameada, com neve ou sinuosa, a potência é repartida de forma homogénea entre as 4 rodas do veículo.

Desta forma, o PEUGEOT 3008 HYBRID4 oferece potência e quatro rodas motrizes com emissões de CO2  ao melhor nível do mercado: menos de 49g de CO2 por quilómetro WLTP(2).

O novo eixo traseiro de braços múltiplos proporciona um elevado nível de conforto aos ocupantes da segunda fila de bancos. A sua arquitetura não interfere na habitabilidade e nem afeta o volume do espaço de arrumação existente sob o piso da bagageira.

A motorização HYBRID4 está disponível exclusivamente na versão GT com revestimentos exclusivos Alcantara® Cinza Gréval acompanhada de elementos decorativos em madeira genuína de carvalho envelhecido Grey Oak. Os novos Sistemas Avançados de Ajuda à Condução (ADAS) herdados do novo PEUGEOT 508 fazem também a sua aparição: o regulador de velocidade adaptativo com função Stop & Go e a ajuda à manutenção da posição na via de circulação.

Alguns meses após o lançamento, juntar-se-á à versão HYBRID4 uma versão de duas rodas motrizes HYBRID de 225 cv (165 kW), que associa uma motorização PureTech de 180 cv/132 kW a um motor elétrico de 110 cv/80 kW.

 

PEUGEOT 508 e 508 SW HYBRID: radicalmente eficientes

Os novos PEUGEOT 508 HYBRID e 508 SW HYBRID associam o motor PureTech 180 cv/132 kW a um motor elétrico de 110 cv/80 kW para uma potência máxima combinada de 225 cv/165 kW, com tração dianteira.

A motorização HYBRID disponibilizada nos novos PEUGEOT 508 e 508 SW foi trabalhada de modo a oferecer ainda mais sensações. Esta motorização otimiza os seus custos de utilização graças a uma eficiência energética ao melhor nível, com emissões de CO2 inferiores a 49g de CO2 por quilómetro WLTP(2).

A bateria com 11,8kWh de capacidade garante uma autonomia 100% elétrica de 40 quilómetros WLTP(2) (50 km NEDC(1)).

A implantação da cadeia de tração foi realizada sem compromissos. A habitabilidade foi preservada e os volumes de bagageira são idênticos aos das versões térmicas (487L para o PEUGEOT 508 e 530L para o PEUGEOT 508 SW).

Esta proposta apresenta-se associada a 3 níveis de equipamento:

  • Allure (e Allure Business): versão de coração de gama ultra-equipada,
  • GT Line: versão consagrada ao estilo dinâmico,
  • GT: versão topo de gama com apresentação exclusiva, dotada de série com bancos e revestimento em Alcantara® Cinza Gréval.

 

(1) Dados estimados, divulgados a título indicativo e ainda carentes de homologação

(2) Os valores indicados estão em conformidade com o protocolo WLTP. A partir de 1 de setembro de 2018, todos os veículos novos são homologados com base no protocolo de testes harmonizado a nível mundial para veículos ligeiros (WLTP), que consiste num novo procedimento de testes mais realista, que permite medir os consumos de combustível, as emissões de CO2 e a autonomia dos veículos híbridos recarregáveis. Este procedimento WLTP, realizado em condições de teste mais realistas, substitui na totalidade o protocolo NEDC (Novo Ciclo Europeu de Condução), processo de testes anteriormente utilizado. A autonomia medida para os veículos híbridos recarregáveis segundo o protocolo WLTP é, em diversos casos, menor do que aquela que era medida segundo o protocolo NEDC. Os valores de autonomia indicados correspondem aos valores médios dos veículos da gama. O conjunto dos valores indicados podem varia rem função dos esquipamentos específicos, das opções e do tipo de pneus.