TCR| PENALIZAÇÃO RETIRA O MERECIDO 5ºLUGAR A FRANCISCO ABREU

tcr

Nesta sua estreia no mítico circuito de Monza, Francisco Abreu viveu uma dupla jornada bastante agressiva e dura, com muito contacto entre os carros e abordagens muito radicais entre os concorrentes. O piloto do Peugeot 308 TCR sentiu bem essas situações, tendo, contudo, assumido uma condução cuidadosa e defensiva, mas sempre altamente competitiva. Saindo hoje da pole position, o piloto da Sports & You/Peugeot Portugal resistiu com determinação à pressão dos rivais mais fortes, defendendo a quinta posição até final. Contudo, uma penalização imposta pelos comissários, resultante de uma situação normal de corrida, acabou por lhe retirar esse merecido lugar.

Numa pista que era totalmente nova para si, Francisco Abreu levou o Peugeot 308 TCR a um bom desempenho nas duas corridas do fim de semana, as quais prometiam, desde o início, altos níveis de competitividade… e combatividade. Agora menos penalizado pela aplicação do BOP (Balance of Performance), que resulta da excelente performance dos carros oficiais da Peugeot nas últimas jornadas do TCR Europa, o 308 TCR da Sports & You foi, mesmo assim, para a pista com 40 quilos de lastro, com os devidos efeitos no seu rendimento. Além disso, Abreu teve também de lidar com uma forte concorrência, que esteve presente em maior número do que o habitual, e que esteve disposta a praticamente tudo para “dar nas vistas” e somar resultados. 

Com estes dois importantes factores a pesar mesmo antes do início das hostilidades, Francisco Abreu e o seu Peugeot 308 TCR arrancaram hoje da pole position (fruto da inversão dos lugares da grelha para o segundo dia), 100% prontos para a batalha:

“Sair da pole é, obviamente, sempre vantajoso, e, tal como ontem, arranquei muito bem. Posso mesmo dizer que fiz um dos meus melhores arranques desta temporada! No entanto, a pressão de um dos melhores pilotos actuais do TCR Europa foi constante, dispondo de um carro com mais velocidade de ponta que o 308 TCR. Isso foi notório em recta, e foi assim que conseguiu ultrapassar-me, passando para o comando até final. De resto, estivemos no mesmo nível de andamento. Depois deu-se a entrada do ‘safety car’ e isso não jogou a nosso favor. Além disso, a partir daí, a corrida tornou-se quase num ‘desporto de contacto’, com muita agressividade por parte de alguns pilotos, incluindo os que estavam mais próximos de mim. Além das abordagens e ataques agressivos, houve pilotos que não hesitaram em partir para o contacto direto entre os carros, numa tentativa de forçar a sua progressão na corrida.”

Francisco Abreu e o 308 TCR da Peugeot Portugal, estiverem sempre à altura destes ataques e toques entre carros, aguentando, com calma e bom senso, as manobras mais radicais que se iam desenrolando, literalmente, à sua volta.

“É preciso muita calma e frieza para aguentar este tipo de pressões. É certo que fazem parte das corridas de automóveis, mas devemos sempre impor limites a nós próprios e ter bom senso, mesmo na condução ao ataque. Nesse sentido, a minha estratégia foi aguentar o mais possível todo o tipo de ataque, mantendo a atitude desportiva e a integridade ‘física’ e mecânica’ do carro. A verdade é que resistimos bem a todos os ataques e também atacámos sempre que possível. Também por isso, conseguimos manter o 308 TCR praticamente intacto até ao fim, apenas com algumas ‘mazelas’ derivadas dos contactos em pista.”

O jovem piloto madeirense da Sports & You/Peugeot Portugal, tinha como objetivo um lugar no pódio nesta 2ª corrida de domingo, algo perfeitamente possível não fossem os constrangimentos “exteriores” à corrida. Mesmo assim, esta estreia em Monza acaba por ter um desfecho positivo:

“O meu objetivo era lutar por um lugar entre os 10 primeiros, e foi exactamente isso que consegui hoje, com o quinto lugar em pista. Porém, os comissários decidiram penalizar-me devido a uma situação de contacto que foi perfeitamente normal, estando eu por dentro da curva e totalmente na minha trajetória. Seja como for, ter cumprido até final as duas corridas do programa é quase, quase uma ‘vitória’, pois houve diversos rivais meus que não o conseguiram, precisamente devido à agressividade que se viveu em pista. Mas as corridas são mesmo assim. A equipa, como sempre, foi incansável em tudo. Aqui em Monza as atenções foram redobradas, pois tende a haver um maior, e mais acelerado, desgaste geral do carro. De resto, o 308 TCR esteve impecável, como sempre.!”

Com a realização desta dupla jornada de Monza - 6ª, e penúltima, ronda da temporada 2018 do TCR Europa - Francisco Abreu mantém o 17º lugar no Campeonato de Pilotos, com 14 pontos. No Campeonato de Equipas, a Sports & You ocupa a 11ª posição, totalizando 15 pontos.

Fruto do trabalho de desenvolvimento e produção da divisão de Competição Cliente da Peugeot Sport, o novo Peugeot 308TCR de Francisco Abreu alinha no ‘TCR Europe Touring Car Series 2018’ pela estrutura da Sports & You, distribuidor oficial da Peugeot Citroën Racing Shop para Portugal e Espanha. A juntar ao apoio da Peugeot Portugal, o projeto alinha também com os parceiros King Tony, iMED, Canon, Brisa e Marítimo.