IDENTIDADE SONORA

/image/92/6/peugeot_fractal.64926.jpg

IDENTIDADE SONORA

«O PEUGEOT FRACTAL é o fruto de um encontro entre artistas que exploram novos terrenos de expressão. Com os designers, misturamos as nossas inspirações. O estilo é inspirado pelo som, a minha criação é inspirada pelas linhas e materiais.» Amon Tobin

EXPERIÊNCIA INÉDITA

i

O StelLab, entidade de pesquisa do Grupo, e a Focal conceberam um conjunto 9.1.2 e o software aferente para uma imersão integral pilotando individualmente cada altifalante. O tratamento digital aplicado aos sons simula o sistema auditivo humano. As fontes sonoras são, então, criadas virtualmente e a sua localização é dinamizada para enriquecer a informação a transmitir ao condutor.

No caso de um trajecto na ajuda à navegação, a fonte da síntese vocal está situada no eixo da viatura, à distância. Durante a progressão da viatura, esta fonte aproxima-se do habitáculo enquanto se afasta do lado do cruzamento a seguir. Ao nível da intersecção, esta está situada no habitáculo, imediatamente próxima para prevenir o condutor da iminência da alteração de direcção.

Para além disso, a espacialização permite associar o som à morfologia da viatura e à sua evolução. O sistema desenvolvido pela StelLab configura, assim, de forma autónoma, as diferentes fontes sonoras entre os modos coupé e cabriolet do FRACTAL.

ÁUDIO INTEGRADO

Para explorar todo o potencial do sistema, esta instalação 9.1.2 é composta por um sistema 9.1 que integra na dianteira três médios agudos, dois tweeters, dois woofers e um subwoofer e, na traseira, dois médios, dois tweeters e um woofer.

Para além disso, o FRACTAL integra, em estreia mundial, nas costas de cada banco um subwoofer ligado a duas vias. Este dispositivo revolucionário explica a denominação da instalação: 9.1.2.

Desenvolvido pela SubPac, start up americana, o subwoofer dá vida a uma nova experiência sensorial. Com efeito, os baixos não são difundidos por via aérea mas através de estruturas. As ondas acústicas chegam, assim, ao ouvido interno do ouvinte através do seu organismo. O ocupante do banco usufrui, assim, de baixos mais intensos e de forma exclusiva, sem perturbar o seu ambiente.

TECNOLOGIA FLAX POR FOCAL®

/image/93/7/technologie_flax.64937.jpg

Para garantir a fidelidade do som, a FOCAL, especialista francesa reconhecida do equipamento áudio topo de gama, realiza a membrana dos seus altifalantes em fibras de linho.

Esta tecnologia, baptizada de FLAX, caracteriza-se por um som muito natural e sem coloração, uma riqueza de reprodução com sons intermédios e ataques francos aos graves. A restituição espacial no habitáculo é assegurada por sete altifalantes FLAX e quatro tweeters de cúpula, invertidos em alumínio magnésio, enquanto dois subwoofers são responsáveis pelo registo dos baixos.

Este conjunto é pilotado por quatro amplificadores FD de alta compacidade, que totalizam catorze vias de amplificação para um total de 1600 watts disponíveis.

ASSINATURA

/image/93/8/fractal_-_signature_v2.64938.jpg

A dimensão acústica é igualmente explorada pela FRACTAL, atribuindo uma identidade sonora à sua cadeia de tracção eléctrica. Com efeito, esta está desprovida das nossas referências associadas às motorizações térmicas. A marca confiou esta tarefa ao designer sonoro brasileiro Amon Tobin. A assinatura sonora exterior da FRACTAL permite-lhe uma coabitação harmoniosa com os outros utilizadores. Estes, nomeadamente peões e ciclistas, são informados sobre a evolução da FRACTAL por sons que distinguem os diferentes estados: aceleração, desaceleração ou velocidade estabilizada.

No habitáculo, a identidade da marca revela-se através de uma concepção de áudio inédita que aplica som a funções como a ignição, as luzes indicadoras de mudança de direcção e os avisos, a iluminação ou, ainda, as diferentes acções da navegação.