PRIMEIRA “POLE POSITION” DE SEMPRE DE UM PEUGEOT 308 NO TCR

  

A dupla que estreia o Peugeot 308TCR no Campeonato de Portugal de Velocidade (CPVT), que este fim de semana arrancou no Circuito Vasco Sameiro em Braga, fez história, ao assegurar a “pole position” para a segunda corrida da jornada. Nesta segunda corrida, Rafael Lobato terminou na segunda posição, assegurando o primeiro pódio para o Peugeot 308TCR.

 

A dupla que faz alinhar o Peugeot 308 TCR da Sports & You iniciou o fim de semana com o pé direito ao rubricar a melhor marca na sessão livre, na qual cumpriu 11 voltas. Com o tempo de 1m22,538s Rafael Lobato deu, ao final da manhã em Braga, os primeiros sinais sobre os intentos da equipa para esta estreia do 308 no CPVT. Numa sessão particularmente disputada – em que os cinco primeiros terminaram separados por menos de um segundo – o piloto da Sports & You mostrou os seus créditos e assumiu a liderança na sessão para, na seguinte, o seu colega de equipa, em simulação de corrida, e utilizando pneus usados, ser o terceiro mais rápido.

Se o início foi auspicioso, as sessões de qualificação provaram o bom andamento do PEUGEOT 308TCR. Francisco Abreu, apesar de uma criteriosa gestão dos pneus, foi o segundo melhor na primeira sessão de qualificação, a apenas 17 centésimos da “pole”. Sem ter conseguido realizar uma volta “limpa”, o piloto madeirense esteve sempre entre os mais rápidos, numa sessão onde o equilíbrio foi, uma vez mais, palavra de ordem.

Na sessão que ditou o alinhamento da grelha de partida para a segunda corrida do fim de semana, Rafael Lobato assegurou a “pole position”, um prémio para o trabalho realizado pela equipa num traçado de inegáveis dificuldades.

tcr

As corridas

Na primeira corrida, saindo da primeira linha da grelha, Francisco Abreu sofreu um toque de um rival que o colocou fora da pista, incidente que deitou por terra qualquer esperança de lutar pelo triunfo, com o piloto madeirense a terminar no quinto lugar final. Este episódio acabou mesmo por obrigar a equipa técnica da Sports & You a trabalho adicional, tal o grau dos danos no PEUGEOT 308TCR.

Na segunda corrida, com o PEUGEOT 308TCR colocado no primeiro lugar da grelha de partida, tudo correu bem melhor e a prova bem gerida resultou no segundo lugar final. A única falha surgiu apenas no arranque, e mesmo tendo caído para o terceiro lugar na partida, Lobato conseguiu recuperar uma posição, que manteve até ao final.

No final Rafael Lobato esclarecia que “aquelas décimas perdidas no arranque ditaram o resto da corrida. Ainda rodei na luta pelo primeiro lugar durante metade da corrida, mas depois os pneus foram ficando degradados e não consegui atacar mais. Ainda assim o resultado foi muito positivo e somámos pontos importantes. Quanto ao 308TCR, o carro surpreende pela agilidade, capacidade de travagem e inserção em curva.

Sobre o incidente na primeira corrida, Francisco Abreu afirmou que “são situações de corrida... Tenho pena porque sei que tínhamos condições para lutar pela vitória e podíamos ter tido um fim de semana excelente aqui em Braga. Todavia, a equipa esteve muito bem e não tenho dúvida de que vamos recuperar rapidamente deste desaire.

Após uma jornada de estreia positiva, a equipa vai, de imediato, começar a preparar a próxima ronda do campeonato, a realizar a 23 e 24 de Junho, em Vila Real, numa jornada pontuável também para o WTCR.

tcr

A carreira de Francisco Abreu em resumo

Natural da Madeira e licenciado em Gestão pela Universidade Nova de Lisboa, em 2017, Francisco Abreu (23 anos) é um piloto que conta com um vasto palmarés na velocidade, que o levou, este ano, a abraçar o seu mais recente projeto de internacionalização.

Estreando-se no Karting aos 8 anos, sagrou-se Campeão Regional da Madeira logo em 2003), repetindo o feito dois anos depois, conquistando ainda duas Taças da Madeira. Foi Campeão Nacional de Karting, vencedor da Taça de Portugal e do Open de Portugal entre 2006 e 2008. No estrangeiro fez Karting em três épocas (2009 a 2001), obtendo resultados de relevo, como a vitória numa prova do World Series Karting (WSK), representando a equipa Tonykart oficial, sendo ainda hoje o único português que o conseguiu.

Em 2012 ingressou na “Autosport Academy”, da Federação Francesa de Automobilismo (FFSA), disputando, em simultâneo, o Campeonato Francês de Formula 4, onde obteve, entre outros resultados, um pódio no mítico Grande Prémio de Pau.

A partir de 2013 regressou a Portugal e abraçou a velocidade nacional, garantindo vitórias em todos os circuitos por onde passou. Foi Vice-Campeão desse ano na classe C3 dos Sport-Protótipos, ascendendo aos Sport Protótipos-CN, categoria rainha do Nacional de Velocidade (CNV) em 2014, sendo 3º no final do ano. No ano seguinte, com 21 anos, tornar-se-ia no mais jovem Campeão Nacional de Velocidade de sempre.

Fruto das evoluções entretanto registadas no CNV, em 2016 e 2017 integrou a categoria TCR-Turismos, sagrando-se Vice-Campeão Nacional em ambas as temporadas, reforçando o título de 2017 com o cetro de Campeão Ibérico TCR.

Em paralelo com o TCR Portugal 2018, Francisco Abreu está, presentemente, a disputar o ‘TCR Europe Touring Car Series’, descobrindo as mais conceituadas pistas europeias aos comandos do novo Peugeot 308TCR. À data, já conquistou os primeiros pontos, ao terminar a Corrida 2 do evento de Zandvoort (Holanda) na 9ª posição.

tcr

A carreira de Rafael Lobato em resumo

Estudante na área de Comunicação & Multimédia da UTAD – Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Rafael Lobato é natural de Vila Real, revelando-se um jovem lobo que conta já com um vasto palmarés na velocidade, sendo outro dos jovens promissores do automobilismo nacional.

Aos 20 anos, conta com uma diversificada carreira sobre rodas, assente, no passado mais recente na velocidade nacional, depois de passagens pela vertente de fora de estrada e, antes ainda, pelo karting.

Começando por esta última, o piloto ostenta uma tripla de títulos de Campeão da Baltar Kart Cup, dois na categoria Fórmula ENK (2007 e 2008) e o terceiro em Evolução A (2009), vencendo, também, 3 “Baltar Sprint Shows” (2008 a 2010). Seguiu-se uma outra vertente mais alternativa, que o levou a 2 títulos absolutos, o primeiro de Vencedor do Campeonato de Portugal de Offroad em 2011 – tornando-o no mais jovem Campeão de sempre do automobilismo nacional – para no ano seguinte conquistar o ceptro de Campeão de Portugal de Ralicross.

Seguiu-se a passagem para a velocidade, categoria em que conquistou o cetro de Campeão Nacional em 2014 (em Sport Protótipos, categoria C3) e o 2º lugar no ano seguinte, na mais evoluída categoria CN.

Lobato trocaria de montada em 2016, passando para os carros de turismo, temporada do Nacional de Velocidade que terminaria no 3º lugar (categorias de Turismo e TCR), depois de conquistar sua primeira vitória em TCR, mais 2 pole-positions e 2 voltas mais rápidas. No ano seguinte repetiria o feito, registando, entre outros resultados, 2 vitórias em corridas e 1 pole, um 2017 em que também garantiu o 2º lugar na Taça Ibérica de TCR 1, subindo por 2 vezes ao lugar mais alto do pódio, e o 3º lugar no TCR Espanha.

tcr

O Peugeot 308TCR em resumo

O Peugeot 308TCR é o modelo por excelência da competição cliente da Peugeot Sport para circuitos fechados. Conta com um motor THP com uma forte relação potência por litro, num bloco de 4 cilindros turbo de 350 cavalos e 420 Nm de binário às 3.000 rpm. Conta com uma caixa sequencial de 6 velocidades específica, com patilhas ao volante, bem como trem frontal de elevado potencial na entrada nas curvas e um trem traseiro que o complementa na perfeição, resultados de um aturado trabalho ao nível das vias, elementos de suspensão, barras anti-rolamento ajustáveis à frente e atrás, etc, num chassis com inúmeras possibilidades de regulações. A travagem é assegurada por discos ventilados de 378x34 mm, com pinças de 6 pistões, à frente, e discos de 270x12 mm, com pinças de 2 pistões na traseira.

No domínio do design, a carroçaria do novo Peugeot 308TCR combina uma estrutura de atleta com uma aerodinâmica otimizada, nomeadamente na frente, destacando-se um para-choques especialmente trabalhado, que permite direcionar na perfeição os fluxos de ar para o radiador e para o permutador de ar/ar, como garantia de performance e fiabilidade, enquanto o splitter garante o máximo de suporte, essencial para um bom poder direcional. Atrás, o para-choques termina num grande extrator encarregado de gerar apoio aerodinâmico no trem traseiro. A estética do modelo completa-se com as jantes específicas de 18’’ montadas em pneus 27-65/18.

  • Vila Real - 23 e 24 de Junho (integrado no programa do WTCR)
  • Estoril - 1 e 2 de Setembro
  • Portimão - 27 e 28 de Outubro (integrado no programa do TCR Ibérico)

Cada evento é composto por 2 sessões de treinos livres (20 minutos cada) e 2 sessões cronometradas (15 minutos cada), definindo, estas últimas e respetivamente, as grelhas para a Corrida 1 e 2 (25 minutos cada), atribuindo-se 1 ponto a quem fizer as respetivas pole-positions. Em ambas as corridas, do tipo Sprint, atribuem-se 25 pontos aos vencedores, 20 pontos aos 2ºs classificados e 17 pontos aos 3ºs, pontuações que se estendem ao top-10. Há 1 ponto adicional para as voltas mais rápidas e no final do ano contabilizam as 6 melhores pontuações. À semelhança dos anos anteriores, voltará a estar em vigor a regra do “Balance of Performance”, destinada a equilibrar as viaturas, de corrida para corrida. Informações adicionais podem ser consultadas em http://www.velocidade.fpak.pt/regulamentos.

Para além do apoio da Peugeot Portugal, este projeto da Sports & You conta com os seguintes principais parceiros: Canon, Crédito Agrícola, Iberfibran, ikimobile, iMED e King Tony.