PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2018

rally

A pouco menos de um mês do Vodafone Rali de Portugal (17 a 20 de maio), prova que marca o início da edição 2018 da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA, uma iniciativa conjunta das filiais ibéricas da Marca do Leão, com o apoio logístico da Sports & You, tem hoje a sua apresentação em Portugal, com uma demonstração dinâmica no inesperado ambiente da Marina de Cascais.

A apresentação hoje desta edição da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA abre um novo capítulo na história recente dos ralis na Península Ibérica. Depois da divulgação do calendário das seis provas que compõem a competição (três em terras lusitanas e três no país vizinho) e de ter sido dado a conhecer o prémio final para o vencedor (nada menos do que alinhar num rali, em 2019, ao volante de um R5), está agora concretizada a mais importante etapa que antecede a “abertura das hostilidades”.

Apesar de ser uma novidade relativamente recente, a PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA é já um verdadeiro sucesso a avaliar pela rapidez da adesão de pilotos a esta iniciativa ibérica. Os organizadores podem, desde já, anunciar a inscrição confirmada de nada menos que 21 pilotos nesta edição. A adesão a nível ibérico foi instantânea e altamente expressiva, traduzindo-se na inscrição de 10 formações portuguesas e 9 espanholas, o que reflete o prestígio e o sentido de oportunidade da realização da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA. A juntar-se a esta “armada luso-espanhola” estão 2 formações britânicas, sendo de realçar que uma destas é comanda por uma mulher, abrindo, de imediato, o caminho ao lançamento de uma “Ladies Cup”, facto que, inquestionavelmente, vem reforçar de forma substancial o interesse e a dinâmica da competição.

Beneficiando do apoio dos parceiros técnicos Pirelli e Total, e contando com a experiência e a dinâmica da Sports & You como parceiro técnico e logístico da iniciativa, a PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA arranca, assim, da melhor forma para pilotos e organizadores, sem deixar de realçar a mais valia que representa para o público aficionado ibérico. A esta promessa não será de todo, indiferente, a inclusão da competição em duas provas do WRC: o Vodafone Rali de Portugal (terra), já a 17-20 de Maio, e o Rali da Catalunha/Espanha (1ª Etapa em terra), a disputar entre 25 e 28 de Outubro. Para os portugueses – pilotos e público – é de realçar que a primeira bandeira de partida para a PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA é mesmo em solo nacional, no Vodafone Rali de Portugal.

O PEUGEOT 208 R2

A máquina de competição deste projeto é o Peugeot 208 R2, modelo que se tem demonstrado, nos vários campeonatos e troféus em que participa, como uma das mais competitivas máquinas da categoria R2. Criação com assinatura Peugeot Sport e utilizado em diferentes troféus de ralis, o 208 R2 recorre, entre outras soluções, a um motor de 1.598 cc com uma potência máxima de 185 cv às 7800 rpm, caixa sequencial de 5 velocidades de comando mecânico e travões de disco ventilados.

PRÉMIOS

Um dos aliciantes da competição é uma vasta e valiosa lista de prémios a atribuir prova-a-prova.  Este constitui, naturalmente, um trunfo importante, tendo em conta que um dos objetivos da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA passa por promover a entrada nos ralis de jovens pilotos que, com recursos financeiros mais limitados, têm nas compensações pecuniárias uma ajuda importante na composição dos seus orçamentos para a época. Assim, serão distribuídos prémios no valor total de 20.000 Euros por rali, de acordo com a tabela seguinte:

PRÉMIOS POR PROVA

1º 5000,00 € *            7º 800,00 € *

2º 4000,00 € *            8º 650,00 € *

3º 3000,00 € *            9º 550,00 € *

4º 2 000,00 € *           10º 500,00 € *

5º 1500,00 € *

6º 1000,00 € *           

*  50% do valor em Voucher de Peças Peugeot

                       

Além dos valores acima apresentados, em simultâneo com a realização de cada rali, será entregue, por prova, um prémio de 1000 Euros* ao piloto Junior que obtiver a melhor classificação (idade inferior a 27 anos), sendo este prémio acumulado com o lugar conquistado na classificação geral da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA.

 

INSCRIÇÃO NA PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA

O valor de inscrição na PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA é de 1.900 Euros e contempla desde logo a entrega de dois fatos de competição e o KIT de imagem da competição.

rally

E O PRÉMIO FINAL É...

Como corolário máximo para o piloto com mais pontuação no cômputo dos seis ralis da temporada, realizados em pisos de terra e de asfalto, o Prémio Final a atribuir ao vencedor da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA 2018 é garantir o acesso ao volante de um modelo da categoria R5 num rali de 2019. Para o efeito, será escolhido um dos ralis que se realizam na Península Ibérica.

 

Recorde-se o alinhamento desta temporada da PEUGEOT RALLY CUP IBÉRICA, que os pilotos candidatos ao título de 2018 irão disputar aos comandos de um Peugeot 208 R2: 

  • Vodafone Rali de Portugal (1ª Etapa, 17 a 20 de maio)
  • Rali de Castelo Branco (30 de junho e 1 de julho)
  • Rallye de Ferrol (20 e 21 de Julho)
  • Rallye Princesa das Astúrias (14 e 15 de setembro)
  • Rali da Catalunha/Espanha (1ª Etapa, 25 e 28 de outubro)
  • Rali Casinos do Algarve (17 e 18 de novembro).

 

LISTA DE INSCRITOS (PROVISÓRIA)

Piloto

Co-Piloto

País

1

Roberto Blach Nunes

Jose Murado Gonzalez

Espanha

2

Nabila Tejpar

Ricmard Bliss

Inglaterra

3

Pedro Antunes

Paulo Lopes

Portugal

4

Cameron Davies

Max Freeman

Inglaterra

5

Francisco Dorado

Roi Terrente Perez

Espanha

6

Ricardo Sousa

Luis Marques

Portugal

7

Hugo Lopes

Nuno Ribeiro

Portugal

8

Juan Maná

Borja Odriozola Torre

Espanha

9

Daniel Pereira Nunes

Rui Raimundo

Portugal

10

Rui Carvalho

Jorge Carvalho

Portugal

11

Joao Alves

José Rodrigues

Portugal

12

Miguel Lobo

 

Portugal

13

Ivan Medina Herrera

Yeray Mujica Eugenio

Espanha

14

Paulo Moreira

Marco Macedo

Portugal

15

Jan Solans Balbo

Mauro Barreiro Zas

Espanha

16

Josep Bassas

Manuel Munoz Castilha

Espanha

17

Diogo Gago

Miguel Ramalho

Portugal

18

Alberto San Segundo

Juan Luis Garcia

Portugal

19

Ramon Cornet

Dani Noguer Sanchez

Espanha

20

Diogo Soares

Luís Rodrigues

Portugal

21

Álvaro Pérez

Brais Miron

Espanha